fbpx

Como escolher um plano de saúde

Antes de contratar um plano de saúde, é importante entender as características de cada tipo e coberturas, assim como as suas necessidades de atendimento.

Preparamos este guia completo com todas as informações que você precisa saber para escolher o melhor plano para você e sua família e/ou sua empresa. Confira!

Conheça os tipos de planos

Os planos de saúde são divididos em três categorias: individual ou familiar; coletivo por adesão; e coletivo empresarial. Confira as principais características de cada um.

Plano Individual ou Familiar

Adesão: livre.
Carência: sim.
Cobertura: conforme o contrato e o Rol de Procedimentos.
Rescisão: apenas em caso de fraude e/ou falta de pagamento.

Plano Coletivo por Adesão

Para esta contratação, você precisa ter uma associação profissional ou sindicato. Características:

Adesão: exige vínculo com associação profissional ou sindicato.
Carência: sim. Salvo para quem ingressa no plano em até 30 dias da celebração do contrato ou no aniversário do mesmo.
Cobertura: conforme o contrato e o Rol de Procedimentos.
Rescisão: previsão em contrato e somente válida para o contrato como um todo.

Plano Coletivo Empresarial

Para esta contratação, você também precisa ter uma associação profissional ou sindicato. Características:

Adesão: exige vínculo com pessoa jurídica por relação empregatícia ou estatutária.
Carência: sim. Salvo para contrato com 30 ou mais beneficiários e para quem ingressa no plano em até 30 dias da celebração do contrato ou da vinculação à empresa.
Cobertura: conforme o contrato e o Rol de Procedimentos.
Rescisão: previsão em contrato e somente válida para o contrato como um todo.

Normalmente, os planos coletivos saem mais em conta do que os contratados diretamente por você. Lembrando que, se você for Microempreendedor Individual – MEI, os custos podem ser ainda menores.

Quer saber como? Procure uma consultoria consolidada, que oferece as melhores opções de planos, como a Nocta.

Qual região você deseja ser atendido?

Os planos de saúde podem ser nacionais, estaduais, municipais ou só para a sua cidade. Então, se você deseja ser atendido em todo o Brasil, deve escolher um plano nacional. Agora, se você precisa em alguns estados ou municípios, deve optar por um plano que atenda esse grupo de estados ou municípios. Se a sua necessidade é apenas para um único estado ou único município, contrate um plano estadual ou plano municipal, respectivamente.

Conheça os tipos de cobertura assistencial

Antes de contratar um plano de saúde, é preciso ficar atento às coberturas, pois elas determinam a quais serviços médicos você terá direito.

Os planos são segmentados de acordo com a composição das coberturas:

Ambulatorial
Hospitalar sem obstetrícia
Hospitalar com obstetrícia
Exclusivamente Odontológico
Referência
Ambulatorial + Odontológico
Ambulatorial + Hospitalar sem obstetrícia
Ambulatorial + Hospitalar com obstetrícia
Hospitalar com obstetrícia + Odontológico
Hospitalar sem obstetrícia + Odontológico
Ambulatorial + Hospitalar sem obstetrícia + Odontológico
Ambulatorial + Hospitalar com obstetrícia + Odontológico

Para cada segmentação, há uma lista de procedimentos com cobertura obrigatória descrita no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde editado pela ANS e revisado a cada dois anos. Essas determinações valem para todos os contratos celebrados após 1º de janeiro de 1999, ou adaptados à Lei nº 9656/98 (planos novos).

Cobertura Ambulatorial

Nesta cobertura está garantida a prestação de serviços de saúde que compreende consultas médicas em clínicas ou consultórios, exames, tratamentos e demais procedimentos ambulatoriais.

Os atendimentos de emergência estão limitados até as primeiras 12 horas do atendimento. A realização de procedimentos exclusivos da cobertura hospitalar fica sob responsabilidade do beneficiário, mesmo sendo feito na mesma unidade de prestação de serviços e em tempo menor que 12 horas.

Cobertura Hospitalar sem Obstetrícia

Garante a prestação de serviços em regime de internação hospitalar, com exceção da atenção ao parto. A legislação não admite previsão de limite de tempo de internação.

Quando o atendimento de emergência for efetuado no decorrer dos períodos de carência, deverá abranger cobertura igual àquela fixada para o plano ou seguro do segmento ambulatorial, não garantindo, portanto, internação além das 12 horas iniciais.

Cobertura Hospitalar com Obstetrícia

Além do regime de internação hospitalar, também está incluída a atenção ao parto. É garantida, ainda, a cobertura assistencial ao recém-nascido filho natural ou adotivo do contratante, ou de seu dependente, durante os primeiros 30 dias após o parto.

Em caso de necessidade de assistência médico-hospitalar decorrente da condição gestacional de pacientes ainda cumprindo período de carência, a operadora deverá abranger cobertura igual àquela fixada para o plano do segmento ambulatorial, não garantindo, portanto, internação além das 12 horas iniciais.

Cobertura dos planos da segmentação Referência

Instituído pela Lei nº 9.656/98, o plano Referência engloba assistência médico-ambulatorial e hospitalar com obstetrícia e acomodação em enfermaria. Sua cobertura mínima também foi estabelecida pela Lei, devendo o atendimento de urgência e emergência ser integral após as 24 horas da sua contratação.

Cobertura Exclusivamente Odontológica

Esta segmentação assistencial de plano de saúde garante assistência odontológica, compreendendo consultas, exames, atendimentos de urgência e emergência odontológicos, exames auxiliares ou complementares, tratamentos e demais procedimentos realizados em ambiente ambulatorial solicitados pelo cirurgião-dentista assistente com a finalidade de complementar o diagnóstico do paciente que estejam determinados no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde.

Quais unidades ou por quais profissionais você quer ser atendido?

Cada plano de saúde tem a sua rede credenciada de hospitais, clínicas, laboratórios e profissionais de saúde. Pesquise e compare entre os planos disponíveis no mercado antes de escolher o seu. Todas as operadoras são obrigadas a divulgar e manter atualizadas a suas redes de prestadores em seus sites na internet.

Qual tipo de acomodação você quer usar em caso de internação?

Há planos que oferecem acomodação coletiva (enfermaria) e outros que oferecem acomodação individual (apartamento).

Quanto custa um plano de saúde?

Ao avaliar o preço de um plano de saúde, não esqueça de considerar todas as características mencionadas nos itens anteriores. Compare os planos disponíveis no mercado e só depois decida o que melhor atende ao que você deseja.

Conte com a nossa consultoria especializada em planos de saúde e odontológico para encontrar a melhor opção para você, em qualquer lugar do Brasil!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *