10 dicas para melhorar e ampliar a capacidade do seu cérebro

Veja como treinar o cérebro!

Criar hábitos diferentes, escolher alimentos certos, praticar exercícios e estimular os sentidos são algumas práticas que ajudam a desenvolver o potencial cognitivo. 

 

1 – Use a mão não dominante

Pelo menos uma vez por semana, tente usar a mão que você não utiliza habitualmente. Ou seja, se for destro, vire canhoto por um dia. E vice-versa. Essa atividade facilita a conexão dos hemisférios cerebrais e aumenta a reserva cognitiva.

2 – Leia em voz alta

Os professores costumam incentivar os alunos a lerem em voz alta, porque faz parte do treino do aprendizado. Mas, você sabe por quê? Quando lemos em voz alta, abrimos novas rotas neuronais. É interessante praticar a leitura em voz alta pelo menos uma vez por semana, mesmo que você esteja sozinho.

3 – Escreva

Escrever no papel exige concentração do cérebro. Além disso, com o tempo, você vai perceber que suas habilidades com as palavras estarão melhores. 

4 – Ouça música

Há anos a ciência estuda os efeitos da música no cérebro. Vamos lembrar de uma teoria que ficou conhecida como o “efeito Mozart”. Foi amplamente divulgada pela mídia a ideia de que ouvir uma sonata para piano criada por um gênio poderia deixar as pessoas mais inteligentes.

Logo, esse conceito foi incorporado no mundo da maternidade e mulheres grávidas começaram a tocar Mozart para seus filhos ainda na barriga.

As aplicações de Mozart não pararam por aí. Por razões que ainda não estão claras, suas composições são mais eficazes em alterar o nosso humor e aumentar nossos níveis de excitação, melhorando, portanto, nosso desempenho.

5 – Alimentação saudável 

Uma dieta variada e saudável ajuda a manter as bactérias do intestino, que se conectam com o cérebro, em sincronia. E esse equilíbrio é fundamental para o bem-estar da mente.

6 – Desafie a atenção

Sabe aqueles livros com dinâmicas? Eles são excelentes para exercitar o cérebro. Exemplos: brincar de encontrar diferenças entre duas imagens e caça-palavras. 

Além dos jogos, você pode treinar a atenção da seguinte forma: observe as pessoas ao seu redor na rua, enquanto espera o ônibus, por exemplo. Depois, feche os olhos e tente se lembrar de detalhes, como sapatos, roupas e acessórios. 

7 – Conheça a aromaterapia 

Ative o sentido do olfato com aromaterapia. Os principais métodos usados são: a inalação, o banho aromático e a aplicação. O efeito acontece quando as partículas dos óleos essenciais se desprendem e são carregadas pelo ar, estimulando as células nervosas olfativas? Faça um exercício de fechar os olhos para sentir o aroma e concentrar sua atenção no olfato. 

8 – Pratique um esporte

A atividade física ativa o nosso cérebro e ajuda até a desenvolver novos neurônios. Além disso, quando o corpo se movimenta, a mente relaxa e cria um espaço ideal para a aprendizagem.

9 – Aprenda algo novo

Aprender algo diferente, como uma língua estrangeira, é uma das maneiras mais simples de treinar o cérebro. As conexões entre os neurônios ficam fortalecidas.

10 – Descanse o cérebro

Quando o cérebro está cansado, a concentração e ação diante de uma situação ficam prejudicadas. A resposta do cérebro pode ficar mais lenta e confusa. 

É importante se “desconectar” para exercitar uma parte diferente do cérebro: a chamada rede neural de modo padrão, que nos permite sonhar e é importante para consolidar a memória. Ao “desligar” do mundo externo, permitimos que essa parte do cérebro seja ativada e faça seu trabalho.

 

Dicas para melhorar a memória

 

Você já experimentou alguma técnica para aperfeiçoar a memória de curto prazo? Temos algumas dicas simples que podem ajudar. Confira! ?

– Mova os olhos de um lado para o outro?

Parece estranho, mas o mexer os olhos pode ajudar a estimular a memória. O movimento ocular horizontal potencializa a ligação entre os dois hemisférios cerebrais. ?

– Aperte seus punhos?

O ato realizado comumente em situações de estresse tem possível potencial de armazenar uma informação e torná-la de fácil acesso em situações posteriores. ?

– Faça rabiscos?

Muitas pesquisas demonstram que o ato de rabiscar ajuda a manter o foco, a aprender novos conceitos e a reter conteúdo. Pegue uma caneta e pratique!?

– Aposte na culinária mediterrânea?

Vegetais, frutas e ômega 3 (encontrado em peixes e azeites) são aliados para uma saúde física e também mental, pois estes alimentos ajudam a preservar a memória conforme envelhecemos.?

– Pratique meditação?

Realizada regularmente, a meditação melhora a habilidade de manter o foco. 

 

Foto: Freepik

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *