fbpx
junho vermelho

Junho Vermelho – Como a sua empresa pode incentivar a doação de sangue

A sua empresa faz campanhas e incentiva a doação de sangue?

 

Se você é profissional de Recursos Humanos, Gestor de Pessoas ou cuida da área de Comunicação Interna na sua empresa e deseja levantar essa bandeira, confira as nossas dicas.

 

O brasileiro não tem o hábito de doar sangue, e acaba fazendo esse ato apenas quando alguém próximo precisa. Se esta é a motivação, por que não ampliar?

 

Algumas empresas criam banco de dados no qual seus funcionários podem se inscrever para serem acionados em campanhas de doação que ocorrem ao longo do ano.

 

É importante que todos saibam que podem contar com o apoio da empresa para divulgar a necessidade de doadores não só para o próprio funcionário, caso precise, mas também para amparar seus familiares.

 

Junho Vermelho

 

Aproveite este mês para iniciar sua campanha.

 

Em junho, comemora-se o Dia Mundial do Doador de Sangue. Apesar da data ser celebrada no dia 14, a campanha ocorre o mês inteiro, Junho Vermelho, que ganhou status de lei estadual em 15 de março de 2017 (nº 16.386) e, atualmente, é promovida em todo o Brasil.

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criou o marco para prestar uma homenagem aos doadores do mundo inteiro que são fundamentais para dar suporte a diversos procedimentos médicos e hospitalares.

 

Em São Paulo, ao longo do mês, a Pró-Sangue realizará uma série de ações de incentivo à causa, em parceria com algumas instituições, a começar pelo Movimento Eu Dou Sangue, que iluminou com a cor vermelha diversas instituições públicas e privadas, prédios históricos e monumentos em diferentes localidades, dentre os quais o Memorial da América Latina e a sede da Assembleia Legislativa de São Paulo.

 

De acordo com informações da Pró-Sangue, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP) e as 21 concessionárias que operam os 8,4mil km de rodovias paulistas também divulgarão a Pró-Sangue e a importância dessa atitude cidadã que salva vidas, além de outras diversas ações pontuais que você pode saber mais no site da Pró-Sangue.

 

A mensagem “Seja gentil. Doe sangue. Ajude o próximo! @prosangue” será exibida nos 377 painéis de mensagens variáveis (PMVs) nas estradas ao longo do mês. Cada concessionária também desenvolverá suas próprias atividades, com publicações de apoio à iniciativa nas redes sociais e realização de campanhas internas mobilizando seus funcionários e colaboradores.

 

Para doar sangue, condições básicas:

 

– Basta estar em boas condições de saúde;

– Estar alimentado;

– Ter entre 16 e 69 anos (para menores, consultar site da Pró-Sangue);

– Pesar mais de 50 kg; e

– Levar documento de identidade original com foto recente, que permita a identificação do candidato.

 

Vale lembrar:

– É bom evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem à doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes.

– Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apta à doação.

 

No mais, outros impedimentos poderão ser identificados durante a entrevista de triagem, no dia da doação. Para tanto, basta acessar o site da Pró-Sangue e consultar os pré-requisitos básicos para doar. Como dica, a sugestão é doar durante a semana, de segunda a sexta, pois o tempo de espera no atendimento é menor.

 

Campanhas na sua empresa

 

O que você pode fazer:

 

1) Faça uma campanha de incentivo à doação sangue. Abaixo, uma campanha GRATUITA para download.

junho vermelho doação de sangue

Conteúdo da imagem:

  • Doar sangue é muito mais simples e importante do que você imagina!
  • Uma doação pode salvar até três vidas.
  • Menos de 2% da população brasileira doa sangue regularmente.
  • Não existe substituto para o sangue.
  • Quem tem tatuagem pode doar sangue sim! Precisa esperar um ano após fazê-la.
  • Não há risco de contrair doenças na doação de sangue.
  • Seu organismo repõe rapidamente o sangue doado.
  • A doação de sangue não faz ninguém engordar ou emagrecer.
  • Você não é exposto caso haja doenças em seu sangue.
  • Ajudar outras pessoas faz bem para você também.

 

2) Coloque a campanha nos pontos estratégicos de comunicação para atingir o seu público interno (explicamos AQUI como criar campanha).

 

3) Crie um cadastro para doadores voluntários: uma alternativa simples é fazer uma ficha em word para obter os dados de nome, idade, tipo sanguíneo. Assim, quando houver a necessidade de um funcionário receber doação de sangue, ou um familiar, a empresa poderá apoiar.

 

Fontes: Redação blog Nocta; Fundação Pró-Sangue

Imagens: Freepik

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *