fbpx

Bem-vindo ou bem vindo? Guia Prático da Nova Ortografia

bem-vindo ou bem vindo

Bem-vindo ou bem vindo? Esse termo usado para saudar uma pessoa, ou várias, gera muita confusão.

 

Apesar da instituição do Novo Acordo Ortográfico, obrigatório desde 2016, nada mudou neste caso: ainda escrevemos bem-vindo, com hífen.

 

Bem-vindo é com hífen, portanto.

 

Exemplos de frases:

Sejam todos bem-vindos ao evento de hoje!
Fernanda, seja bem-vinda à empresa.

(E não vamos esquecer de concordar em gênero e número: bem-vindo, bem-vinda, bem-vindos, bem-vindas)

A explicação não é tão simples, porque “bem-vindo” é uma exceção à regra (da Nova Ortografia).

Segundo o acordo, as palavras compostas com os advérbios bem e mal só levam hífen se o segundo termo for iniciado por H ou Vogal, como:

Mal-humorado
Bem-estar
Mal-estar

Mas, então, por que bem-vindo não virou benvindo? Porque é uma exceção, conforme casos abaixo:

Bem-criado
Bem-mandado
Bem-vindo

Exemplos sem hífen:

Malcriado
Benfeito
Malmandado

 

OUTRAS REGRAS DE HÍFEN

 

1) Não se usa o hífen quando o prefixo termina em vogal diferente da vogal com que se inicia o segundo elemento. Exemplos:

 

aeroespacial
agroindustrial
anteontem
antiaéreo
antieducativo
autoaprendizagem
autoescola
autoestrada
autoinstrução
coautor
coedição
extraescolar
infraestrutura
plurianual
semiaberto
semianalfabeto
semiesférico
semiopaco

 

Exceção: o prefixo CO aglutina-se em geral com o segundo elemento, mesmo quando este se inicia por O:
coobrigar, coobrigação, coordenar, cooperar, cooperação, cooptar, coocupante etc.

 

2) Com os prefixos ex, sem, além, aquém, recém, pós, pré, pró, usa-se sempre o hífen. Exemplos:

 

além-mar
além-túmulo
aquém-mar
ex-aluno
ex-diretor
ex-hospedeiro
ex-prefeito
ex-presidente
pós-graduação
pré-história
pré-vestibular
pró-europeu
recém-casado
recém-nascido
sem-terra

Quer baixar o Guia Prático da Nova Ortografia da Michaelis? Clique aqui ou na imagem abaixo.

 

3) Com prefixos, usa-se sempre o hífen diante de palavra iniciada por H. Exemplos:

 

anti-higiênico
anti-histórico
co-herdeiro
macro-história
mini-hotel
proto-história
sobre-humano
super-homem
ultra-humano

Exceção: subumano (nesse caso, a palavra humano perde o h).

 

4) Quando o prefixo termina por vogal, usa-se o hífen se o segundo elemento começar pela mesma vogal. Exemplos:

 

anti-ibérico
anti-imperialista
anti-inflacionário
anti-inflamatório
auto-observação
contra-almirante
contra-atacar
contra-ataque
micro-ondas
micro-ônibus
semi-internato
semi-interno

Fonte: Redação Nocta; Michaelis.

Imagem destaque: Freepik.

2 comentários em “Bem-vindo ou bem vindo? Guia Prático da Nova Ortografia”

    1. Olá, Rosana. Para que tenha o sentido de saudação, as duas palavras são “ligadas” por hífen, então, gramaticalmente, precisa conter. É como se uníssemos as duas palavras para dar um sentido só.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *